A partir da próxima quarta-feira, dia 1º de setembro, será preciso comprovar ter se vacinado contra a Covid–19 para frequentar estabelecimentos e locais públicos no Rio de Janeiro. A decisão foi anunciada na última sexta–feira, 27, pelo prefeito do Rio Eduardo Paes e publicada no Diário Oficial do Município.

Dentre os espaços que exigirão o documento estão academias de ginástica, piscinas, clubes, estádios, cinemas, museus, galerias, aquários, parques de diversões e outras atividades turísticas e de entretenimento. A comprovação não será exigida para acessar as praias do Rio de Janeiro.

A exigência irá seguir o calendário de vacinação da cidade carioca em relação à idade, ou seja, para aqueles que já deveriam ter tomado as duas doses da vacina, o comprovante deve conter ambas as doses. Para quem a data da segunda dose ainda não chegou, o documento só precisa comprovar a primeira dose.

Serão aceitos tanto o comprovante emitido pela Secretária Municipal de Saúde quanto aquele disponível na plataforma Conecte SUS (confira aqui como obter o certificado de vacinação contra a Covid–19).

comprovante de vacinacao contra a covid 19 no municipio do rio de janeiro com a vacina da pfizer.050720211237 1024x613 - Rio de Janeiro exigirá 'passaporte de vacinação' a partir de Setembro
Comprovante de vacinação contra a Covid-19 no município do Rio de Janeiro com a vacina da Pfizer. Imagem de Tânia Rêgo / Agência Brasil.

A conferência fica sob responsabilidade do próprio estabelecimento e a fiscalização do cumprimento da regra, ficará à cargo da Vigilância Municipal de Saúde. A prefeitura vai disponibilizar um calendário a ser usado por gestores desses estabelecimentos a partir de 1° de setembro. Ele conterá as datas de primeira e segunda doses conforme a idade do visitante do local.

Pelo decreto, bares, restaurantes, shoppings e lojas não precisarão exigir comprovante de vacinação contra a COVID-19 e terão entrada livre para o público não imunizado. 

Leia também: 7 passeios gratuitos para se fazer no Rio de Janeiro
7 cidades para conhecer no Rio de Janeiro além da capital


Fonte: Agência Brasil e O Globo.